Como Funciona o Aparelho Lingual?

Como funciona o aparelho lingual | Pessoas famosas como o jogador Neymar e a atriz Deborah Secco já usam uma técnica ortodôntica que está fazendo bastante sucesso atualmente, o aparelho lingual, no ramo da chamada ortodontia lingual.

É uma novidade no ramo odontológico, e traz inúmeras vantagens para quem deseja arrumar alguns tortinhos dos dentes com uma aparência melhor.  Nesse artigo, vamos analisar o que de bom essa tecnologia pode nos trazer, mas também as desvantagens de usar um aparelho como esse.

O que é o Aparelho Lingual?

O aparelho lingual é um aparelho fixo, igual àqueles usados normalmente e principalmente por adolescentes.

A única diferença é que, ao invés de irem na frente dos dentes, eles vão atrás, na chamada face lingual dos dentes, em contato com a língua.  Ou seja, a ortodontia lingual coloca um aparelho fixo na parte interna dos seus dentes, e o resultado disso é um visual esteticamente mais aceitável.

Ele é especialmente popular em pessoas que têm um perfil público maior, como atrizes, políticos e qualquer pessoa que precisa manter uma aparência exageradamente boa para vender o seu queijo.  Porém, é claro, qualquer pessoa pode se habilitar a utilizar esse tipo de ortodontia.

Benefícios da Ortodontia Lingual

A principal e maior vantagem do aparelho certamente é a estética: ele fica escondidinho, e a não ser que você dê uma baita risada ou abra muito a boca, ele com certeza não vai aparecer.

Outra grande vantagem está no próprio formato da boca: com o aparelho fixo comum, você sempre fica com os lábios um pouco mais para frente, coisa que não acontece com o aparelho lingual.

Além disso, o acúmulo de resíduos após comer fica bem mais escondido do que usando um aparelho tradicional.  Dessa forma, é possível almoçar em frente aos amigos ou no trabalho de forma mais segura, sem precisar esconder o sorrisão ou ir ao banheiro logo depois.

Desvantagens dos Aparelhos Linguais

Assim como qualquer tratamento, o aparelho lingual traz algumas coisinhas chatas consigo. No início do tratamento, a língua vai sofrer bastante, de forma semelhante ao que ocorre com os lábios e bochechas no aparelho tradicional.

Outro ponto importante é que nem todo mundo poderá recorrer à ortodontia lingual: em alguns casos, especialmente em pessoas com dentes muito pequenos, é impossível fazer um bom tratamento com essa técnica, sendo mais recomendado o fixo comum, na frente.

Tudo depende do seu dentista e da avaliação que este fará da sua condição bucal e dental. Uma grande desvantagem vai ser notada também na hora de falar, já que a língua sempre vai estar em contato com o aparelho, alterando um pouco a fala durante o tratamento.

Essa alteração da fala é um pouco mais chata do que com o aparelho fixo comum, pois com o tradicional geralmente após alguns dias a fala volta ao normal quase em sua totalidade, o que não acontece com o lingual.

A higiene também é um ponto complicado, especialmente para os mais preguiçosos. Já é um saco limpar o aparelho fixo na frente, então pense você fazer a mesma coisa, mas com um aparelho que tenta se esconder na sua boca, atrás dos dentes.  Especialmente na hora de passar o fio dental, você terá que ter bastante paciência.

A instalação do aparelho lingual também é um pouco mais demorada, sem contar que o custo para iniciar um tratamento desses fica um pouco mais caro do que o convencional.

Isso porque o processo para avaliação e instalação de cada caso é mais lento: o seu dentista precisará enviar seus dados para um laboratório especializado (ainda são poucos os existentes no Brasil), para que este faça o alinhamento correto dos bráquetes em cada caso. Aqueles arcos de metal também são diferentes do aparelho comum, o que torna o custo um pouco maior para manter essa novidade.

Entenda para quem é indicado o aparelho lingual

A resposta para essa pergunta varia muito de pessoa para pessoa. Porém, isso é um fato que acontece também com o aparelho fixo comum! Sempre existirão pessoas que odeiam aparelhos e outras que se adaptam a eles com facilidade.

No caso da ortodontia lingual, algumas desvantagens podem ser eliminadas: a irritação na língua, por exemplo, pode ser parcialmente solucionada usando aquela massinha para bráquetes, de uso comum no aparelho convencional para não irritar bochechas e lábios.  Se você estiver disposto(a) a manter uma boa higiene sempre, também não terá maiores problemas.

Quanto custa um aparelho sublingual?

Na maioria dos casos, o dentista cobra uma taxa para a colocação do aparelho, já que, como dissemos, o processo de colocação deste é mais complicado e caro.  Porém, assim como com outros dentistas que tratam com aparelho fixo normal, o preço varia muito de um para outro.

O preço de um aparelho lingual, para inclusão, fica na faixa dos R$ 500,00 a R$ 4.000,00, geralmente, e a manutenção mensal não passa dos R$ 400,00, preço este que não varia muito do aparelho convencional para o lingual (Valores obtidos na data deste post).

Enfim, a melhor ideia é realmente conversar com o seu dentista sobre a Ortodontia Lingual ou o aparelho lingual e ter uma opinião de um bom profissional. Se você acha fácil encarar um aparelho (ou se até já usou algum antes), certamente terá mais facilidade para aderir à novidade. E se você já usou ou está usando aparelho lingual, venha comentar com a gente sobre a novidade!

Review Impressora Multifuncional HP DeskJet Ink Advantage 2676